quarta-feira, 27 de setembro de 2017

LIGA ACADÊMICA DE BIOMECÂNICA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS 10 ANOS


     A primeira liga acadêmica do Brasil foi criada há 90 anos na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) denominada: Liga de combate a sífilis e outras DST’s, a qual ainda está em atividade. Em Goiás a primeira foi a Liga de Hipertensão Arterial do curso de medicina da Universidade Federal de Goiás, criada em 1990.
    Em 26 de setembro de 2007 foi fundada na Universidade Estadual de Goiás – Campus Goiânia – ESEFFEGO a Liga Acadêmica de Marcha (LM-UEG). A LM-UEG surgiu de ideias, sonhos e muito interesse de acadêmicos do curso de Fisioterapia como Jakeline Ferreira de Araújo Lôbo, Paulo Fernando Lôbo Corrêa e da docente Profª Dra. Flávia Martins Gervásio.

    
    A LM-UEG foi a primeira liga acadêmica no estado de Goiás fundada fora do curso de medicina da Universidade Federal de Goiás. Por muitos anos foi considerada o maior grupo de estudos de marcha humana no Brasil e a única liga acadêmica no estudo da marcha humana.



     Uma entidade direito privado, sem fins lucrativos, apartidária, não religiosa, de duração ilimitada e com caráter multiprofissional. Aprovada pelo Conselho Acadêmico do Campus-Goiânia da Universidade Estadual de Goiás a LM-UEG é regida por seu estatuto, com descrições de cargos e funções do corpo diretor e normas de funcionamento. O corpo diretor é formado por acadêmicos exercendo as funções de presidente, vice-presidente, secretários, tesoureiros, conselheiros e coordenadores com finalidade de promover desenvolvimento didático de ensino, pesquisa e atenção à comunidade.



    Realizando trabalhos voltados aos três pilares da UEG (ensino, pesquisa e extensão) a LM-UEG vem participando e promovendo diversos eventos sociais. Nestes eventos os membros com a supervisão de tutores (docentes e/ou ex-membro já graduados) realizam avaliações de postura, podobarometria, estabilometria, marcha, corrida e busca passar orientações a partir da entrega de um relatório de análise. Estes eventos são abertos para toda a comunidade como o ELA (Encontro das Ligas Acadêmicas), eventos itinerantes a bairros carentes em parceria com a câmara dos vereadores de Goiânia-GO. Em média os membros prestam atendimento a cem pessoas/dia nestes eventos.


Eventos sociais com outras ligas – “ELA – encontro das ligas acadêmicas 2013”
         
Participações em congressos – Congresso Goiano de Fisioterapia
                       

Eventos sociais.

                                                   

Eventos sociais com outras ligas – “ELA – encontro das ligas acadêmicas 2014”
 

     A liga com o objetivo de espalhar o conhecimento, formar parcerias, gerar debates sobre as áreas da ciência voltadas a locomoção humana esteve à frente com parcerias na realização de alguns eventos científicos como: Cursos de marcha humana; Cursos práticos de orientações e prescrições de órteses; Cursos otimização biomecânica proporcionada na equoterapia; Simpósios científicos; Congresso regional “I Congresso Centro-Oeste de Biomecânica”, entre outros.

Cursos sobre a marcha humana.
        


I Simpósio da Liga Acadêmica de Marcha

         

I Congresso Centro – Oeste de Biomecânica
                                  

Jornada Goiânia de Ciência e Saúde: foco na biomecânica e “Curso: Biomecânica no Ciclismo”.
    Contemplando o pilar de ensino os alunos são capacitados por aulas executas em ensino ativo, sendo exclusivas aos membros aprovados em seleção. As aulas são ministradas por docentes que desenvolvem trabalhos e possuem experiência nas áreas do estudo do movimento humano. Os corpos diretivos apresentam e discutem quais aulas e quais os tutores irão acompanhar ao longo do ano. Para os membros da liga existem alguns caminhos mais direcionados, como as atividades organizadas pela equipe do Laboratório do Movimento Dr. Cláudio A. Borges (LAMOV-UEG), laboratório este fundado em 1998.


    No LAMOV-UEG os membros da liga participam em uma espécie de estágio no acompanhamento, aprendizado e capacitação para realização de avalições instrumentadas do movimento humano. Onde que ao longo dos 10 anos da liga muitos dos membros se tornaram pesquisadores colaboradores do LAMOV-UEG, contribuindo no crescimento da área.
 






















    Pelo avanço dos estudos da liga e as atividades promovidas pelo Laboratório do Movimento Dr. Cláudio A Borges propiciou para que em 2015 a Universidade autorizasse por unanimidade a alteração da nomenclatura e do estatuto que rege as normas e objetivos da liga, assim a Liga Acadêmica de Marcha – LM passou a ser nomeada por Liga Acadêmica de Biomecânica – LABI. Com isso aumenta os campos de estudos para os membros, maior envolvimento das outras áreas.


    Hoje completando 10 ANOS de uma jornada que só pode chegar aqui pela força, confiança, sonho, determinação, companheirismo, amizades, responsabilidade e muito amor.


      São vários fatores que permitem na ciência, no meio acadêmico e profissional projetos virarem realidade e realidade consolidada. São muitos nomes que eu precisaria listar para homenagear neste dia, desde aos fundadores, passando por cada corpo diretor, membro, professor, entre tantos apoiadores e colaboradores. Reunindo todos na homenagem então da coordenadora da liga à Profª Dra. Flávia Martins Gervásio, neste dia que também é o dia dela. Te agradecemos por sonhar junto, por motivar muito, cobrar ensinando a responsabilidade, e mostrar que sempre podemos fazer melhor.
Um dos grandes segredos de chegar aos 10 anos. 


PARABÉNS!!!


Guilherme Augusto S. Bueno
Membro da Comissão de Ensino - SBB